BOMBA! Arma Secreta do SBT pode ser episódios de Chaves!

http://i.ytimg.com/vi/sRpmLrSbtYM/0.jpg

Dia 13, começou a rolar em FUCH (um fórum de fãs do Chaves) uma história sobre a exibição de episódios perdidos do Chaves (devidamente remasterizados) no horário de 18:40, a partir do dia 21 de março. Tal história surgiu de um dos users do fórum que teria contato os profissionais responsáveis pelo trabalho de remasterização dos episódios.

Foi mostrada inclusive uma possível lista de exibição da primeira semana:

21/03: Atropelamento com linguiças
22/03: Parque de diversões – Parte 1
23/03: Parque de diversões – Parte 2
24/03: Espíritos Zombeteiros – Parte 1
25/03: Espíritos Zombeteiros – Parte 2

Estamos ciente que não é a primeira vez que rolam boatos sobre o tema, e na maioria das vezes os mesmos não possuem qualquer fundo de verdade. Ocorre que atualmente, episódios perdidos estão sendo exibidos normalmente na TV Fechada, pelo Cartoon.

Além disto, me deparei com a segunte notícia datada de 15/03:

SBT exibirá episódios inéditos de Chaves
Emissora está remasterizando fitas antigas

Com informações do fórum Natelinha

Relembrando: A Usurpadora

La usurpadora (no BrasilA Usurpadora) é uma telenovela mexicana produzida pela emissoraTelevisa e exibida no Brasil pelo SBT de 22 de junho a 9 de novembro de 1999, em 120 capítulos, às 20h e reprisada em 200020052007. Foi escrita por Inés Rodena, e produzida por Salvador Mejía Alejandre.

A trama apresentou a atriz Gabriela Spanic vivendo a protagonista Paulina Martins e a antagonista Paola Bracho.

Sinopse

 

Duas mulheres idênticas na aparência e distintas em sentimentos e personalidade, se encontraram por casualidade e participam de um terrível engano

Paula Martins é uma viúva pobre e humilde, que tem duas filhas gêmeas recém-nascidas, Paola e Paulina, porém, devido a sua situação lastimável de miséria em que vive, abandona Paola, que é adotada por uma família rica. Já Paulina cresce em presença da mãe, enfrentando grandes dificuldades na vida devido a pobreza em que vivem.

Paulina cresce e se torna uma moça humilde e de bom caráter, que namora o ambicioso Osvaldo, revezando o seu tempo também para os cuidados com a sua mãe enferma, que está prestes a morrer devido a tuberculose. É uma moça religiosa, virgem, que quer se casar na igreja e dar uma vida melhor para a mãe, porém não sabe que Osvaldo é um interesseiro e safado que a trai constantemente e fugirá com uma milionária, abandonando-a.

Enquanto isso, sua irmã gêmea, Paola, viveu de maneira oposta a de Paulina, priorizando a riqueza acima de tudo e de todos, se tornando assim uma mulher ambiciosa, fria e calculista.

Paola é casada com Carlos Daniel Bracho, um milionário viúvo quase falido que está em seu segundo casamento e possui dois filhos: a esperta e encantadora Lizete e o rebelde e problemático Carlinhos.

Ardilosa, Paola também mantém um caso extraconjugal com o cunhado, o inescrupuloso Willy, casado com a atormentada e fanática Estephanie Bracho, uma mulher amargurada e ressentida com a vida, que veste-se de forma horrível e odeia Paola pois sabe de tudo entre ela e seu marido, e também sabe que seu marido é um garanhão interesseiro.

O destino, no entanto, coloca essas duas irmãs frente-a-frente novamente e Paulina têm sua vida totalmente modificada por Paola.

Paola, frustrada e cansada de viver com a família que detesta, resolve viajar para se divertir com mais um de seus muitos amantes milionários, e nessa viagem encontra Paulina em um toalete de senhoras, em que Paulina trabalha, lavando o chão.

Ela vê na jovem uma oportunidade perfeita de se ver livre de sua família, então planeja uma usurpação – ela propõe a Paulina que se passe por ela durante um ano na mansão da família de seu esposo.

Para obrigar a moça a aceitar esse seu diabólico plano, arma-lhe uma cilada, colocando em sua bolsa uma joia sua de valor milionário e acusando-a na frente de todos. A sós, ela a ameaça e se Paulina não aceitar se passar por Paola, a colocará atrás das grades definitivamente.

Paulina, sem alternativa e com medo de ir para a prisão, e com a falsa promessa de que Paola ajudará sua mãe a comprar remédios para a doença, aceita se passar por Paola e durante a estada de Paulina na mansão da família Bracho, ela aprende a ser como Paola, se tornando uma mulher fina e elegante. Porém, pede para não fumar cigarros, como Paola fuma. Paola também a entrega seu diário com confissões quentes e pessoais, que Paulina terá que ler para se passar por Paola, lendo sobre seus gostos, seu passado e sua relação com a família.

Sem ser reconhecida por sua aparência completamente idêntica à de Paola Bracho, ela se vê entre uma família desestruturada pela mesma e percebe que há pessoas que precisam de sua grande dedicação naquele lar.

Paulina, então, começará a mudar a vida da família Bracho, se tornando um anjo na vida de cada qual que necessite de sua presença e de suas palavras confortadoras, conseguindo contribuir e modificar positivamente o destino de todos os que lhe cruzam o caminho, mas não sem antes sofrer e pagar caro por todos os erros cometidos por Paola no passado.

Paulina terá que enfrentar as chantagens dos amantes de Paola, inclusive Willy, e dar uma desculpa por que não quer mais transar com eles e com Carlos Daniel. Ela diz estar muito doente e vê “seu” casamento acabar, pois Carlos Daniel não aceita a mudança radical de “Paola”. Todos se surpreendem na casa, inclusive Estephanie, que é constantemente bem tratada por ela, e sempre Paola a tratou mal. Paulina jamais conseguiria humilhar e ser cruel com as pessoas como Paola é.

Paulina passa a ajudar todos na casa, ser amorosa com Lizete e Carlinhos, recupera Piedade do vício do álcool, já que Paola incentivava a matriarca dos Bracho a beber mais. Inclusive, com o passar do tempo, ela decide trabalhar na empresa da família e passa a comandar tudo, reerguendo a fábrica de cerâmica da falência, pois odeia viver passeando e gastando, como Paola adorava. Paulina gosta de trabalhar e de enfrentar desafios na vida profissional. Ela surpreende Carlos Daniel, que cada dia mais fica apaixonado por ela, achando ser sua esposa, que está em outro país viajando de navio com amantes milionários. Paola não se importa com nada, só com ela mesma.

Paulina enfrentará a fúria de Donato, amante de Paola que tem um quadro dela nua e ameaça mostrar isso para Carlos Daniel: Donato passa a ameaçá-la, pois ele, ao tentar forçá-la, decobre que ela não tem o sinal de nascença de Paola, mas Paulina é rápida e, com medo de ser descoberta, fala que retirou o sinal. Com muito custo, ela destroi o quadro e o impede de contar a verdade a Carlos Daniel.

Ela enfrentará também Lêda, prima de Carlos Daniel, com quem ele tinha um caso quando era solteiro. Lêda é igual Paola, vagabunda e dissimulada, armará confusões para separar Carlos Daniel da esposa, mas Paulina enfrentará ela a altura e mostrará que Paola Bracho agora é outra mulher, não cruel, mas bondosa, fiel e muito decidida. Com isso, Paulina enfrentará muitas brigas com Carlos Daniel, que quer se separar mesmo apaixonado, pois eles não tem mais vida de casados: apesar dele tentar reconquistá-la e levá-la para cama, ela não vai, inventa que está doente e dormem em quartos separados, e isso leva a desconfiança de que ela é outra mulher, pois mudou da água para o vinho. O pior é que Paulina está apaixonada por ele, e ela sabe que esse amor é proibido, por ele ser casado.

Ao longo de 1 ano, as gêmeas se comunicam por telefone, uma informando a outra sobre o que ocorre. Paulina descobre que sua mãe morreu, entra em depressão e tenta se fazer de feliz para a família Bracho. Ao longo de 1 ano, tudo mudou: Estephanie se torna bela e atraente como antes, se reconcilia com o marido e engravida; a fábrica da família passa a gerar mais lucros; e Piedade volta a empresa administrando, mesmo tendo muita idade. Tudo está bem e tranquilo, a não ser pela chegada de Paola.

Após 1 ano na mansão Bracho, Paulina acha estranho, pois depois de 1 ano Paola ligaria e elas se encontrariam no aeroporto e trocariam de papeis, cada uma voltando para sua vida de antes. Paola nunca mais ligou e nem deu notícia, o que faz Paulina temer o que ela está planejando.

Mas algo surpreendente ocorre: no aniversário de Carlinhos, todos felizes, ouvem a porta abrir e veem Paola, toda de vermelho, andando em direção a Paulina, com muitos policiais, mandando prendê-la por usurpação. Recuperada do acidente que sofreu de carro, Paola voltou disposta a lutar pelo seu antigo lugar, inventando muitas mentiras contra Paulina – inclusive alegando que Paulina havia proposto a usurpação para poder viver no luxo e na riqueza em seu lugar, fazendo a irmã gêmea sofrer muito. Ela sempre quis destruir Paulina, pois nunca admitiu uma cópia sua andando pelas ruas e, com a usurpação, o que tinha em mente desde o começo era fazer com que Paulina ficasse presa muitos anos! Paola é uma psicopata capaz de tudo.

Com isso, a família Bracho fica ao lado de Paola, achando que Paulina a sequestrou por 1 ano e tomou seu lugar. Assim, Paulina é presa e condenada por falsidade ideológica. Estephanie fica em fúria e pede para o marido dizer a verdade. Willy revela quem é Paola, uma safada que tinha muitos homens. Carlos Daniel o expulsa de casa junto com Paola, pois, para não ser expulsa de casa sozinha, Paola revela ao marido que é amante de Willy há anos. Estephanie vai contra o irmão, pedindo para o marido ficar, e fica infeliz na casa com o filho e sem o marido.

Paulina sofre muito na cadeia, sendo perseguida e explorada, e Carlos Daniel passa a pensar muito nela. Paola sofre um outro grave acidente de carro e fica em coma no hospital. Paulina ganha a liberdade provisória e passa a cuidar e visitar a irmã, pois é tão humana e piedosa que não guarda nada de mal dentro de si, mesmo sem saber os laços de sangue que a unem a Paola. Seu gesto de bondade desinteressada faz com que Carlos Daniel se declare para ela, e ele ouve toda a versão de Paulina, tudo o que ela sofreu sendo obrigada por Paola a se passar por ela.

Paola, por lei, tem que ser amparada por ser casada e volta para a mansão dos Bracho na cadeira de rodas, passando a praticar o mal diabólico como sempre fez com as pessoas.

Estephanie passa a dar sinais de desequilíbrio mental, ficando fanática pela sua religião e repetindo toda hora que Paola é vagabunda e Paulina assassina, pois todos pensaram que Paulina tentou matar Paola, querendo usurpá-la, mas ao longo do tempo veem que Paola é um monstro.

Paola volta a andar e finge que ainda está na cadeira de rodas, e conta com a ajuda de sua enfermeira, igual a ela, para armar maldades. Ela passa a aplicar golpes e quer acabar com o dinheiro da família.

Enquanto isso, Paulina, em liberdade condicional, trabalha como empregada doméstica e descobre que sua patroa é a esposa de seu ex-noivo Osvaldo! Ela passa a sofrer assédio sexual de Osvaldo, além de muitas humilhações da parte dele. Ela sofre muito, pois além de amar Carlos Daniel, pode ser julgada e condenada a qualquer momento. Paulina pede demissão do emprego, abalada por saber quem realmente é Osvaldo.

Em troca de dinheiro de Carlos Daniel, a enfermeira aceita denunciar Paola e, com conversas gravadas, comprova toda a maldade de Paola, que é levada para a cadeia e descobrem que ela pode andar novamente. Com isso, Paulina é inocentada e passa a viver uma linda história de amor com Carlos Daniel.

Após descobrir-se que Paola já matou muitas pessoas, aplicou golpes e falsificações, ela é condenada a pena máxima e sofre muito na cadeia, sendo agredida e explorada. Paulina retorna a sua cidade e entra novamente na casa que era de sua mãe, para tentar vendê-la e arrecadar um dinheiro para poder viver com estabilidade financeira.

Arrumando as gavetas, ela descobre uma carta que a mãe escreveu antes de morrer, em que relata que Paulina e Paola são irmãs gêmeas! Ela fica muito confusa e emocionada, pois se achava idêntica a Paola, mas irmãs jamais. De tão humana que é, passa a ajudar Paola na cadeia, que está cada vez mais cruel e armando sua vingança contra todos, humilhando e sendo muito cruel com Paulina.

Paola foge da cadeia, tenta matar Paulina e Carlos Daniel, que ficam entre a vida e a morte, mas conseguem se salvar.

Paola também sequestra a enfermeira que a denunciou, e no carro em alta velocidade, passa a ameaçá-la de morte, totalmente louca e descontrolada. O carro vira e capota no barranco, morrendo as duas carbonizadas, com a explosão do carro.

Fim

Estephanie descobre que é adotada e que é filha da governanta Adelina, e enlouquece de vez, ainda mais ao saber que Willy fugiu com outra. Ela é internada num sanatório e fica sedada e amarrada, de tão descontrolada que ficou.

Paulina se casa com Carlos Daniel na igreja e eles, ao lado de Lizete, Carlinhos e do filho de Estephanie, vivem muito felizes. Paulina descobre que está grávida, para completar sua felicidade.

Elenco

Ator↓ Personagem↓
Gabriela Spanic Paulina Martins / Paola Bracho
Fernando Colunga Carlos Daniel Bracho
Libertad Lamarque Piedade Bracho (Vovó Piedade)
Chantal Andere Estephanie Bracho
Juan Pablo Gamboa William ‘Willy’ Monteiro
Dominika Paleta Leda Duran Bracho
Magda Guzmán Adelina
Jessica Jurado Patrícia Bracho
Marcelo Buquet Rodrigo Bracho
María Soler Lizete Bracho
Sergio Miguel Carlos Bracho (Carlinhos)
Paty Díaz Lalinha
Alejandro Ruiz Leandro Gómez
Mário Cimarro Luciano Alcântara
Giován D’Angelo Donato D’Angeli
Adriana Fonseca Verônica Soriano
Anastasia Viviana Carillo
Miguel de León Douglas Maldonado
Arturo Peniche Dr. Edmundo Serrano
Antonio De Carlo Osvaldo Reséndiz
Tito Guízar Francisco (Chico)
Sílvia Derbez Isabel
Silvia Caos Antônia
René Muñoz Moacir
María Luisa Alcalá Filomena
Miguel Córcega Bráulio
Enrique Lizalde Alexandre Farina
Irán Eory Lourdes
Nuria Bages Paula Martins
Azela Robinson Elvira
Rafael Amador Dr. Galícia
Meche Barba Abigail Rosales
Mario Carballido Amador
Adriana Nieto Beatriz
Jaime Garza Delegado Merino
Raquel Morell Zenaida
Rebeca Manríquez Tamales
Maricruz Nájera Emiliana
Angelina Peláez Ricarda
Ninón Sevilla Cacilda
Oscar Morelli Juiz Castro
Laura Zapata Dra.Zoraida Zapata
Humberto Elizondo Silvano Pena
Yadhira Carrillo Raquel
Héctor Parra Dr. Juan Manuel Montesinos
Ricardo Hernández Secretário
Consuelo Duval Marina
Andrea García Celia Alonzo
Eduardo Luna Mauricio Artiana
Sara Montes Eloina ‘Nurse’

Elenco de vozes

Dublagem brasileira

Personagens

Núcleo Família Bracho

  • Paulina Martins

Interpretada por Gabriela Spanic

Uma jovem bondosa e ingênua. É chantageada pelo falso roubo de uma pulseira, e por isso aceita participar da trama de Paola. É humilde e tem uma situação financeira difícil. Passa por uma grande transformação para ocupar o lugar de Paola. Apaixona-se por Carlos Daniel, onde enfrentará a fúria de Estephanie, a rivalidade com Leda e principalmente o ódio de Paola Bracho.

  • Paola Bracho

Interpretada por Gabriela Spanic

Grande vilã da historia. Paola é a gêmea má e usa toda sua astúcia e perversidade para fazer mal a sua irmã e a família Bracho.

  • Carlos Daniel Bracho

Interpretado por Fernando Colunga

Tem uma personalidade fraca e em algumas ocasiões é dominado por sua esposa Paola. É pai de dois filhos pequenos: o triste e carente Carlinhos, que se apega a Paulina, e a encantadora Lizete. Carlos Daniel acaba se apaixonando por Paulina.

  • Vovó Piedade Bracho

Interpretada por Libertad Lamarque

Avó de Carlos Daniel, é alcoólatra e é ajudada por Paulina para se livrar da bebida. No fundo, ainda é uma mulher de pulso firme e pronta para tomar as rédeas da família. É viúva, adora estar em companhia da fiel governanta Adelina.

  • Rodrigo Bracho

Interpretado por Marcelo Buquet

Irmão mais velho de Carlos Daniel e Estephanie. Odeia Paola e a culpa pelas desgraças da Família Bracho e da Fábrica. É casado com Patricia. Fica amigo de Paulina.

  • Estephanie Bracho

Interpretada por Chantal Andere

Irmã adotiva e mais nova de Carlos Daniel e Rodrigo. Tem muitos problemas e complexos. Sua amargura a leva a fazer maldades. É descuidada na aparência e se veste de maneira antiquada. Odeia Paola, portanto, odeia Paulina. Casada com Willy, que a maltrata constantemente.

  • William Monteiro (Willy)

Interpretado por Juan Pablo Gamboa

Marido interesseiro de Estephanie. Teve um caso com Paola e é infiel a esposa o tempo todo. Assim como Paola, ele também odeia a família Bracho. Só lhes quer o dinheiro.

  • Patrícia Bracho

Interpretada por Jessica Jurado

Esposa de Rodrigo Bracho. É boa com todos e gosta de Paulina.

  • Lizete Bracho

Interpretada por Maria Soler

Filha caçula de Carlos Daniel, é alegre e gosta muito do seu irmão Carlinhos. Adora se fantasiar, seu maior sonho é ter uma fantasia da Mulher Maravilha.

  • Carlinhos Bracho

Interpretado por Sérgio Miguel

Filho mais novo de Carlos Daniel. Tem muitos problemas, adora Paulina – como Paola. Tem problemas mentais que logo passam quando tem amnésia.

  • Leda Duran Bracho

Interpretada por Dominika Paleta

Prima distante de Carlos Daniel, moça jovem e bonita que interfere no amor de Carlos Daniel e Paola. Embora tenha problemas financeiros, vive uma vida de aparências alimentando sua vaidade com valores materiais. É apaixonada por Carlos Daniel, o que a faz odiar Paola/Paulina. Cria ciúmes por causa da secretária Verônica.

  • Adelina

Interpretada por Magda Guzmán

Governanta da casa Bracho, fiel, adora a família. Adora Estephanie, e guarda um grande segredo de sua vida, que só a Vovó Piedade sabe: é a mãe de Estephanie.

  • Lalinha

Interpretada por Paty Díaz

Empregada da casa, é fofoqueira e é a empregada de confiança de Paola.

  • Sr. Chico

Interpretado por Tito Guízar

Empregado antigo da casa (jardineiro), gosta muito da vovó Piedade.

  • Cacilda

Interpretada por Ninón Sevilla

Cozinheira da casa.

Núcleo Fábrica de Cerâmicas Bracho

  • Leandro

Interpretado por Alejandro Ruiz

Chefe dos operários e tem a confiança dos chefes. É apaixonado por Viviana.

  • Viviana Carrilo

Interpretada por Anastacia

Amiga de Leandro, sabe que ele gosta dela, mas não dá muita bola. Vai trabalhar na fábrica como empacotadora e será seduzida por Willy, gerando ciúmes em Leandro. Mora com a sua madrinha Abigail.

  • Verônica Soriano

Interpretada por Adriana Fonseca

Secretária de Carlos Daniel, bonita e inteligente, vai se apaixonar por ele e terão um breve romance. Mais tarde namora com Leandro e é promovida ao cargo de Estephanie. É divorciada e tem um filho.

Outros personagens

  • Luciano Alcantara

Interpretado por Mário Cimarro

Bonito, jovem, é amigo e amante de Paola. É cúmplice de Paola na usurpação.

  • Donato D´Angeli

Interpretado por Giovan d’Angelo

Pintor, amante de Paola. Pintou ela nua.

  • Douglas Maldonado

Interpretado por Miguel de Leon

Milionário, teve uma decepção amorosa no passado com Noelia: ela o abandonou, ele ficou doente e não acreditava mais em ninguém. Mora em sua mansão com seu mordomo Braulio. Paulina vai pedir dinheiro para ele para salvar a fábrica, e imediatamente ele se apaixona por ela, pois se parece muito com seu antigo amor. Ele empresta 2 milhões de dólares, e depois descobre que Paola Bracho é Noélia.

  • Braulio

Interpretado por Miguel Córcega

Mordomo de Douglas Maldonado.

  • Dr. Edmundo Serrano

Interpretado por Arturo Peniche

Melhor advogado do país, é contratado para salvar Paulina da prisão e se apaixona por ela. Era namorado de Leda no passado.

  • Alexandre Farina

Interpretado por Enrique Lizalde

Multi-milionário, dono de muitos navios cassinos, onde em um deles conhece Paola, vira amante dela e viajam pelo mundo. Em Mônaco sofre um grave acidente, em que Paola dirigia, e fica paralítico.

  • Elvira

Interpretada por Azela Robinson

Enfermeira do Hospital San Lorenço. Cai na conversa de Paola e a defende.

  • Osvaldo Rezende

Interpretado por Antonio de Carlo

Namorado de Paulina. Abandona ela no litoral, para se casar com Lurdes, uma mulher mais velha e rica. Se reencontra com Paulina e tenta reconquistá-la.

  • Lurdes

Interpretada por Irán Eory

Mulher de Osvaldo. Sofre com o desprezo do marido e com sua mãe doente.

  • Paula Martins

Interpretada por Nuria Bages

Mãe de Paola e Paulina. Quando as gêmeas nasceram ela teve que dar Paola e ficou só com Paulina. Está muito doente, com tuberculose. Por ironia do destino ela vê Paola, e quando tenta contar para Paulina em uma carta, ao terminar deixa em um envelope e morre.

  • Dona Filomena

Interpretada por María Luisa Alcalá

Vizinha de Paula e Paulina. Não conhece Paola.

  • Célia Alonso

Interpretada por Andrea García

Amiga e colega de Paulina no Clube La Joia.

Ficha técnica

  • História original de: Inés Rodena
  • Adaptação: Carlos Romero
  • Edição literária: Dolores Ortega
  • Cenografia: Juan Antonio Sagredo
  • Ambientação: Norma Brena
  • Figurino: Martha Leticia Rivera e Francisco Javier Gonzalez
  • Música original: “La Usurpadora” En vivo, Pandora
  • Música composta por: José Antonio “Potro” Farias
  • Chefes de produção: Sara Smith e Manuel Esparza
  • Editores: Juan Franco e Marco A. Rocha
  • Supervisão de edição: Adrián Frutos Maza
  • Direção de câmeras: Jesús Najera e Ernesto Arreola
  • Direção na Europa: Gabriel Vásquez Búlman
  • Produtora associada: Nathalie Lartilleux
  • Direção de cenas: Beatriz Sheridan
  • Produtor: Salvador Mejía Alejandre

 

La usurpadora
A Usurpadora (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 min. (aprox.)
Criador Inés Rodena
País de origem México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Beatriz Sheridan
Karina Duprez
Produtor(es) Salvador Mejía Alejandre
Elenco original Gabriela Spanic
Fernando Colunga
Libertad Lamarque
Chantal Andere
Juan Pablo Gamboa
Dominika Paleta
ver todos
Tema de abertura México La UsurpadoraPandora
Brasil Sonho LindoPaulo Ricardo
Emissora(s) de
televisão lusófona(s)
Transmissão original México 9 de fevereiro de 1998
México 24 de julho de 1998-
Brasil 22 de junho de 1999
Brasil 9 de novembro de 1999
№ de episódios México 102
Brasil 120

Alguns real times dessa tarde

16h14 SP
:globo: 14.4
:sbt: 10.1
:record: 8.2
:band: 5.3

16:12 SP

 

:globo: 14.4
:sbt: 10.1
:record: 8.7
:band: 5.0

16h11 BH
:globo: 24.6
:sbt: 9.4
:record: 5.1
:band: 1.6

16h07 SP
:globo: 13.9
:sbt: 10.1
:record: 8.1
:band: 5.4

16h06 SP
:globo: 12.9
:sbt: 10.0
:record: 8.2
:band: 4.7

15h59 SP
:globo: 11.4
:record: 10.1
:sbt: 8.9

15h51 SP
:record: 11.3
:globo: 11.0
:sbt: 8.6
:band: 4.0

15h47
:globo: 11.5
:record: 10.0
:sbt: 8.3

Natelinha/@AddisonMontg

Personagem de Carlos Thiré em Amor e Revolução irá contestar a Ditadura

Amor e Revolução”, que estreia em abril na tela do SBT, irá retratar os anos de ditadura militar que o Brasil viveu.

Na novela, Carlos Thiré interpreta o personagem Chico Duarte, um diretor de tratro revolucionário.


Carlos Thiré (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)

As peças criadas por Chico contestam a ditadura e a opressão, por isso, ele é alvo dos torturadores, que invadirão o teatro e espancarão os integrantes de sua companhia.

 

Prévia : Eu, a patroa e as crianças ! (13/03)

 

:globo: 8.3
:record: 5.7
:sbt: 5.2

 

Entregou assim

10h59

:globo: 8.7
:sbt: 6.2
:record: 4.0
:redetv: :gazeta: 0.7

Na Telinha

Real Time SP as 13h50

:globo: 11.6
:record: 7.7
:sbt: 6.5

Fórum NaTelinha

SBT prepara reformulação no programa “Casos de Família”

O SBT não está gostando da atual audiência do “Casos de Família”, que na última semana registrou uma média de 4 pontos.

Comandado por Christina Rocha, a atração vespertina do SBT passará por uma grande reformulação em abril.

Os episódios exibidos atualmente foram gravados em 2010.

Com informações do jornal Agora São Paulo